5 casais contam as experiências de seus passeios eróticos.

Contrariamente ao que se pensa, seduzir o parceiro é uma necessidade de cada instante que pode ser algo bem simples à uma encenação mais complexa. Pois, com o ritmo de vida que a sociedade moderna nos impõe, é bastante raro que duas pessoas se entendam logo de cara.

Ora, se achamos normal planejar as férias ou a maneira de trabalhar, programar uma partida de futebol ou uma ida ao cinema, porém resistimos à ideia de agir do mesmo modo quanto ao ato sexual, algo entretanto muito mais necessário ao equilíbrio psíquico e somático.

Pode acontecer que não nos sintamos atraídas imediatamente pelo parceiro, não é uma razão para acabar com o relacionamento, achando que não existe amor ou que o outro não é muito quente.

Tire da cabeça que deve ter orgasmo sempre que ele a toca, ou não se sentir uma “verdadeira mulher” por não ter um, das mesma maneira, seu homem não é obrigado a ter uma ereção a cada contato sexual, portanto, não tome isso como uma ofensa pessoal.

Sabia que os anglos-saxões tem apenas uma palavra para designar o desejo sexual ou a falta dele: the want? Com efeito, a falta,a espera, a promessa, a antecipação são elementos indissociáveis do aumento do desejo.

Ora, eles nada tem de excepcional, já que se manifestam constantemente na vida cotidiana. Cabe a você introduzi-los em suas relações amorosa.

Segundo Elizeu, um dos homens que entrevistei ofreceu-me uma bela fórmula: “Não há homens impotentes, há apenas mulheres apressadas.” E isso é ainda mais verdadeiro na meia idade.

Contrariamente aos lugares comuns segundo os quais os homens não gostam de demorar durante as preliminares só se interessam mesmo pela penetração, eles também precisam preparar-se, e até bem mais do que nós, para obter uma ereção digna desse nome.

Se você tem um parceiro que não demonstra muito ardor, cabe a você dar prova de imaginação para tirá-lo do torpor.

Eis algumas idéias propostas por cinco casais pra lá de avançados, para reaquecer a libido.

Final de semana em clima de inverno, pelo casal Marcelo (45) e Andressa (40)

Deusas do seculo21

Reserve um final de semana no hotel, bem requintado ou se não puder deixe a casa ou o quarto de vocês mais aconchegante. Alguns especialistas em sexo, afirmam que o respingos da chuva açoitada pelo vento, reaviva os impulsos mais selvagens.

E ainda se a noite vocês dormirem nos braços um do outro, cheio de fadiga, não há qualquer dúvida de que durante o café da manhã ambos terão recuperado o vigor, conta Marcelo.

Jantar eróticos temáticos, pelo casal Gean (37) e Luana (35)

Certos clubes organizam jantares em que as pessoas comparecem vestidas em função de determinados temas eróticos.

Deusas do seculo21

Depois da refeição, os participantes são convidados a se juntarem a frequentadores que já se acham no fogo da ação.

Não há nada obrigatório, e aqueles que quiserem apenas assistir podem fazê-lo, o que já suficiente excitante, pois o prazer sexual é contagioso e a vista de um casal transando da vontade de fazer o mesmo.

Deusas do seculo21

Tanto que ao conversar com as mulheres que participam dessas noitadas revelam soltar imaginação e o apelo sexual não se limita à roupa que escolheram para usar, conta Luana.

Bares íntimos, por Elizeu e Ana Paula (36)

Bares intimos onde as mulheres servem de seios nus, cabarés apimentados, boates especializada em strip tease onde se exibem vários números diferentes.

Deusas do seculo21

Pode ser o momento de conversar com o parceiro sobre essa arte tão difícil que certamente seu parceiro lhe pedirá uma demonstração dos seus próprios talentos mais tarde, sugere, Elizeu.

Saunas e termas, por Alan (34) e Silvana (35)

As saunas reservam em geral um dia por semana sessões mistas. É uma tradição antiga:, havia encontros amorosos em estufas. A tradição perpetuou-se .

Corpos ofertados, sexo confundidos, na penumbra invadida pelos vapores, logo se sentirá embriagada e animada de impulsos eróticos.

Deusas do seculo21

Roçada por silhuetas que andam por ali, você passeará longamente o sabonete, esponjas pelo corpo do seu amante, que por sua vez, se ocupará de você, a menos que você prefira isolar-se para uma massagem numa cabine antes de dar um mergulho na piscina.

Não há nada como o calor para lhe excitar, conta Silvana.

“Leilão” erótico, pelo casal Leonardo (39) e Marisa (38)

Sempre gostamos de fazer algo diferente, uma vez durante uma viagem para fora do país, visitamos um bar para tomar um último drink, e a partir da meia noite nos deparamos com um leilão (de brincadeira) de escravos belíssimos machos e fêmeas.

Deusas do seculo21

Mulheres e homens, que estavam no bar eram postos à venda por seus parceiros. E o feliz comprador pode divertir-se com a sua escrava até de manhã em pequenos quartos.

Tesão garantido!! Ela, se ofereceu para ser leiloada e disse que sempre sonhou ser vendida para um belíssimo negro: Eu. E eu a comprei naquela noite, conta Leonardo.

Deusas do seculo21

Siga Deusas na redes
Deusas do seculo21

Comentários

comentários

Isabela Castro

Isabela Castro

Terapeuta corporal e massoterapeuta e tenho por objetivo aplicar princípios, métodos e técnicas de terapias naturais com a finalidade de manter, equilibrar ou restabelecer a saúde, a harmonia e a qualidade de vida através do corpo. Desenvolvendo trabalho com mulheres através da massoterapia, com foco no auto conhecimento da essência feminina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *