Cara legal mas nem tanto

Cara legal mas nem tanto

26/03/2018 Off Por Isabela Castro

Afinal de contas é possível identificar um jogador emocional? Sabe aquela pessoa que fica fazendo joguinhos, manipulando situações onde só pra ele a coisa fica favorável? Com certeza você já se deparou com um ou com várias pessoas assim.

Mas será que dá pra identificar antes de cair no joguinhos desses sacanas?

Sobre joguinhos emocionais

Nem todos os joguinhos emocionais são negativos, os jogos são modelos artificiais socialmente construídos para que possamos transitar entre os papéis nas situações artificiais. Pense como se fosse um “quebra gelo” para começar a interagir e por fim chegarmos a uma relação com mais intimidade com alguém.

Jogos amorosos são meios artificiais de mediar as relações portanto essas artificialidade não tem nenhum problema a princípio.

Existem jogos saudáveis que são os jogos emocionais de transição e jogos emocionais problemáticos tóxicos, (que é sobre esse último que vamos falando no post) é quando esse jogo emocional oculta uma realidade.

Por exemplo o cara diz que está solteiro e depois você descobre que não está ou quando o cara transforma a outra simplesmente em um objeto de uso, sem se preocupar com a humanidade daquela pessoa, ou sem jogar limpo ou seja é uma relação de parasistismo quando só uma das pessoas saem beneficiada.

Porque? Se o cara joga limpo já diz a você quer não quer nenhum relacionamento (vice versa) coloca as cartas na mesa, tudo bem.. cada um sabe com quem está lidando e assumirá as consequências caso isso venha trazer algum problema no futuro.

Porém o lance é quando já meias verdades ou não fala nada simplesmente porque quer continuar sustentando aquela “relação” onde um ganha e o outro perde, essa é a definição de jogo emocional tóxico.

As características mais comuns desses jogos emocionais tóxicos.

No tempo do jogador

Uma das características de um jogo emocional tóxico são as coisas acontecerem SEMPRE no tempo do cara, do jogador. Quando você quiser ver, quando você quiser conversar, quando você quiser sair NUNCA vai dar pois só vai acontecer quando o cara define.

É o tal do “E aí sumida!” Saca? E você fica pensando quem sumiu foi ele, né? Portanto gata cuidado, com essa chamada típico de um jogador. Ele definindo sempre quando vocês vão se ver falar, conversar, etc… E se você tentar fazer isso vai acabar falando sozinha, por que não vai haver troca de coisa nenhuma.

Fique esperta!

O cara da Imprevisibilidade

Essa é uma característica marcante, pois veja bem se o cara define quando vocês se vêem, é claro que ele só faz coisas dentro dos desejos dele, vontades, ou quando ele não tem outra coisa melhor pra fazer, e vai ligar para aquela que está sempre de sentinela esperando por ele certo? Então ele aparece com uma fala do tipo às 2h da manhã, ou bêbado, ou no meio da tarde de segunda chovendo, que quer te ver, que tem saudades e toda aquela ladainha….

Esse fator imprevisibilidade, que dizer que NUNCA você poderá contar com esse cara pra nadaaaaaaa.

Fuja!! Se já tiver envolvida, vá dando passos para trás aos poucos crie a sua independência bem devagar.

Quando você nunca pode contar com alguém, não é uma relação de parceria, nem que seja aquela parceria só pra transar né Brasil? Porque mesmo nessa parceria só de P.A há uma previsão, há uma constancia.

Quando há o fato imprevisível é deixar claro que há uma relação parasita.

O cara egoísta “legal”

Sabe quando o cara parece ser muito legal. Mas você sempre fica com pé atrás, porque sabe que no fundo o fulano só está fazendo as coisas que beneficiam à ele?

O cara só é legal quando interessa, te bajula ali nas redes sociais, por um dia ou dois quando quer alguma coisa e quando consegue ele te descarta.

Essa pessoa que some quando consegue o que queria, provavelmente está jogando com você.

Eu estou falando de tudo de dinheiro, sexo, status, seja lá o que for que você tiver de oferece para ele.

O cara inconsistente

Você nunca consegue entender se existe, uma coerência entre o que ele fala, pensa, sente e faz. Toda vez que você fica no meio dessa confusão do cara, está sendo alvo de uma jogo emocional tóxico.

O cara da passionalidade

Sabe aquele ser que parece estar sempre vivendo intensamente, agindo baseado nas emoções dele, tipo ele está com tesão, quer transar e liga pra você ( se você quiser tudo bem!) Mas se você quiser algo mais, prolongar é possível que você perceba que o cara só estava agindo por impulso, por que aquela “emoção” todos incrível que ele estava sentindo antes não é mais a mesma.

Porque o cara só vive baseado em Picos emocionais quando você convive por uma tarde ou a te um final de semana, você percebe que não tem aquela consistência emocional sabe? O cara está sempre vivendo esses picos, e só fica legal para você quando ele está nessa influencia.

Sabe aquele cara que só manda bem em festas, mas que no dia a dia e um cara difícil pra kct?

Um cada assim é um excelente jogador emocional tóxico.

Confusão pessoal

Bem se no final de cada interação com esse cara você se sente meio confusa, com aquela sensação de estar errada, culpada, pensando que poderia ter feito mais ou coisas, quando na verdade você fez o seu melhor.

E fica pensando “Omgggggg eu devo estar bem louca” não gata você não está é isso que ele quer que você pense, e provavelmente você está sendo peça do jogo desse cara e nem está se dando conta que está sendo sugada nessa “relação.”

Então para você saber que o momento que você, da conta de que estar no jogo emocional tóxico a pessoa que estiver jogando com você está mexendo com sua auto estima. E você quando cai nesse jogo demoro para você se recuperar.

Consegue indentificar uma ou todas características marcantes na sua relação? Sabe de mais alguma? Conte para o Deusas.

As cuide!

Siga Deusas na redes
Deusas do seculo21

Comentários

comentários