Sobre amor próprio

Essa é a luta restaurar dentro de você o processo do amor próprio, o nosso meio tem muita gente que está sem amor próprio, quando você não se ama alguém vai dominar você, alguém vai te reprimir e você vai gostar!

Quando você não se ama e não se valoriza, se acha indigno de ser abençoado você não recebe nada da vida apenas migalhas que os outros deixam no chão.

Temos uma tendência muito grande a procurar defeitos ao invés de qualidades, começa a focar nas suas qualidades, o que é bom em você que beneficia os outros?

Quando você se sente menor que alguém é porque você está se comparando, portanto pare com essas comparações por que cada pessoa veio pra ser quem ela é, cada pessoa veio para contar a sua história, e você é quem você é, é o resultado de todas as experiências que viveu, e isso faz com que você seja quem é nesse momento. Perfeito como vem sendo, mas que pode ser cada vez melhor.

O amor próprio é o primeiro detalhe da existência a ser cuidado descubra que a primeira amizade a ser feita é consigo mesmo e a sua capacidade de administrar a sua própria vida, de ser responsável por você de não permitir que os outros levem aquilo que você tem de mais precioso que é a sua dignidade.

O discurso da dignidade passa pelo cuidado que devemos ter para conosco a falta de dignidade é permitir que os outros baguncem a nossa vida, portanto ame-se acolha tudo que você tem, as suas características.

Você tem defeitos claro! Todos nós temos. O legal é que nós podemos transformar aquilo que é preciso para conviver melhor conosco e com os outros.

O amor próprio nos faz abrir os olhos para algo que nós nem sabiamos que existia, você tem que torcer por você, gostar de você e abrir a sua mente para tudo aquilo que a vida pode te trazer.

A pessoa que se ama se cuida o tempo todo e nas pequenas coisas, já as que não se cuidam vivem a deriva não estão nem aí, se um relacionamento vai trazer um beneficio ou malefício porque para ela não faz diferença.

A falta de amor próprio te coloca sempre como vítima de tudo o que acontece porque ela não está nem um pouco preocupada pois não tem compromisso com ela mesma, com a sua felicidade pois já se acostumou.

Ela internaliza todos os inimigos dela dentro de si e foi vencida por eles e vai continuar sendo sempre assim, uma dos sintomas da depressão é a perda de cuidados consigo mesmo, falta de amor próprio, perda da capacidade de olhar com compaixão por si mesma, a perda da referência de todo valor que ela tem como pessoa, é aí que perdermos todo o amor próprio toda aquela primeira amizade que devemos ter por nós mesmos!

Sem essa amizade não podemos viver, como que a gente cria condições para que isso se transforme?

Reconcilie consigo mesmo, com os seus limites, conheça tudo que você puder das suas fragilidades para que você possa fazer essa fragilidade jogar a seu favor, justamente porque há restrições que nos possibilitam, quando elas estiverem sobre nosso domínio, nós podemos viver experiências de maneira sincera de maneira justa.

Você tem jeito sim! Aprecie sua vida pois todos os seres humanos têm infinita possibilidades.

Siga Deusas na redes
Deusas do seculo21

Comentários

comentários

Isabela Castro

Isabela Castro

Terapeuta corporal e massoterapeuta e tenho por objetivo aplicar princípios, métodos e técnicas de terapias naturais com a finalidade de manter, equilibrar ou restabelecer a saúde, a harmonia e a qualidade de vida através do corpo. Desenvolvendo trabalho com mulheres através da massoterapia, com foco no auto conhecimento da essência feminina.

Leave a Reply