Você pode dar a volta por cima

Você pode dar a volta por cima

12/02/2018 Off Por Isabela Castro

Em algum momento da nossa vida vamos ter que superar situações desafiadoras. Geralmente são situações onde somos realmente provadas talvez pela nossa capacidade física ou emocional. como a perda de alguém querido, bem material, de um emprego ou uma doença;

Essas situações que acontece para nós,servem para que a gente encare a vida com resignificado e resiliência, e nos traz amadurecimento para lidar com algumas adversidades que podem cruzar pelo nosso caminho. Aprenda com elas e dê a volta por cima!

A frustração está ligada às nossas expectativas. Ocorre quando a realidade não corresponde ao que é idealizado, de uma forma positiva está relacionada também ao processo de busca, bom se tudo no mundo atendesse a todos nosso desejos a vida ficaria chata e ficaríamos sempre numa estado infantil de desenvolvimento. Se a gente não consegue evitar os obstáculos, mulher o jeito é reagir. é claro que sempre ficar de boa é uma decisão legal mas o mundo está sempre mudando e com certeza haverá situações nas quais deixarão mal.

Pense bem que existe uma diferença entre viver de dramas e lidar com eles.

Seguindo essa ideia de se reinventar o blog deusasdoseculo21 vai te dar algumas dicas que você pode aplicar na sua realidade.

Comprometimento

Eu conheci aqui em São Paulo que me a Marisa de 47 anos que me contou que ficou viúva após o marido sofrer um acidente de carro,com 3 filhos na idade escolar naquela época e algumas dívidas para quitar, se viu sem chão, pois devido a condição do seu falecido marido, ela nunca havia trabalhado fora.

Mas isso não a impediu de se reinventar,pensou em como poderia aumentar a renda da sua família e garantir uma boa condições para os seu filhos, começou então a fazer marmitas para pessoas próximas,até que sua clientela aumentou e hoje fornece marmitas de qualidade para duas empresas de São Paulo.

Mas ela conta que enfrentou dificuldades como por exemplo de locomoção, porém não desistiu e nunca deixou atrasar nenhuma entrega, por que ela tinha um comprometimento com ela mesma e com seus filhos que dependia dela.

Marisa vem sendo um exemplo de inspiração para mim toda vez que nos encontramos, porque mesmo de luto, mesmo frustrada ela não deitou no chão e se fez de vítima das circunstâncias ela transformou sua vida e de seus filhos com aquilo que tinha nas mãos.

Uma atitude que eu guardo numa caixinha comigo e de toda a vez que eu converso com ela, é o COMPROMETIMENTO, que é ideal nesse processo de dar a volta por cima, é você se comprometer consigo mesma e também com aqueles que dependem de uma certa forma de você. Quando você tem esse comprometimento pode encarar melhor a frustração.

Aceitação

Em Curitiba conheci a Sônia de 30 anos que após 4 anos de namoro, e prestes a casar quando seu futuro ex noivo decide terminar com ela, aquilo lhe caiu como uma pedra na cabeça, e ela se viu com seus sonhos e expectativas desfeitas e inclusive para consigo mesma,pois como já escrevi em outro post decepções dizem mais a respeito de nós mesma do que do outro.

Por um tempo ela conta que ficou muito pra baixo, sua auto estima foi minada com essa situação, porém ela procurou se reestabelecer focando na sua carreira e deixou aquilo que não estava no controle dela, seguir o seu rumo natural.

Diante dessa atitude ela pode perceber uma coisa, que o relacionamento dela não era 1000 maravilhas como ela acreditava ser, a relação dela estava fadada ao fracasso, dava sinais o tempo todo para isso.

Quando ela aceitou o fato de que o que ela podia ter feito ela fez e parou de por a culpa no outro na busca da solução dos problemas em seu relacionamento. Ela conseguiu seguir em frente, e dar a volta por cima,aprender duas lições tão valiosas.

Uma foi ACEITAR que acontece o que tem que acontecer e por mais que doa muitas das vezes é melhor largar a corda do que continuar segurando, e a outra é que não devemos colocar EXPECTATIVAS no outro ou em um relacionamento, por que as pessoas e sentimentos mudam, viver plenamente consigo mesma manter a sua auto estima e foco nas suas realizações é que podem fazer com que você seja feliz.

Lide com um problema de cada vez

Uma das causas da frustração pode estar em não obter exito em lidar com os obstáculos na vida. Para que você consiga controlá-la, é necessário, antes de tudo, identificar e separar os problemas de forma que você consiga lidar com cada um deles passo a passo. Ao dedicar toda a sua energia para procurar a resolução de um problema você terá um resultado mais positivo do que ao tentar resolver tudo que o incomoda de uma só vez.

Não veja a frustração como um monstro

Não tenha raiva da frustração, porque não é algo negativo, pense na frustração como um indicador de vontade de que estamos diante de situações desconfortáveis e que dentro delas estamos tentando crescer, que existe vontade de ampliar nosso horizonte e buscar algo que vai trazer um bem maior por que é nas frustrações que temos a oportunidade de desenvolver todo nosso potencial e transformar aquilo que precisa ser transformado.

Posso superar a frustração?

Sabemos que a frustração seja um sentimento normal,mas  é a maneira como ela é enfrentada é que faz com que tudo ganhe relevância, ou não.

É possível sim transformar a frustração em algo positivo e dar a volta por cima porém você precisa inserir-las e por em prática na sua vida algumas atitudes que podem te ajudar a lidar com as eventuais frustrações algumas delas são:

Não ficar se lamentando = não permaneça na posição de vítima

Se possível uma análise do seu momento atual =

Aceite o que está acontecendo =  você não tem outra saída quanto mais resistir mais adiará o processo de transformação.

Controle as suas expectativas em relação as outras pessoas = Ninguém deve nada a você, seja você responsável pela sua vida.

Não se auto sabote = resolva o que tiver para resolver

Veja também: assuma a responsabilidade e mude

Alimente expectativas realistas = o que você pode fazer por você agora?

Se puder mude a abordagem = veja as coisas de outro ponto de vista

Reconheça o seus comportamentos negativos = auto conhecimento é fundamental

Cerque-se de pessoas que te apoie = pessoas com quem você possa contar.

Seja flexível= tenha jogo de cintura

Siga Deusas na redes
Deusas do seculo21

Comentários

comentários